Atrações que vi na Chapada Dos Veadeiros

Atualizado: Jul 3

A Chapada dos Veadeiros é incrível, meio surreal a existência de tanta beleza neste lugar. As trilhas, cachoeiras e paisagens da região são encantadoras. Nós ficamos ( eu e o Beto) quatro noites, mas já deixo a dica, foram poucos dias. São 70 atrações catalogadas, claro que é impossível ver tudo isso numa única viagem a Chapada dos Veadeiros, mas acredito que sete dias dá para ver o principal com bastante calma.

Contamos com o fator tempo, que não foi favorável na nossa estadia, leia mais nesse post sobre as minhas dicas que devem saber antes de ir.


Vou dividir com você o que vi por lá, e lembrando que valores mencionamos estão com referência de março de 2019, podendo ter alterações dependendo de quando você for.

Antes de dividir com vocês o que vi, fica a dica que foi muito importante no meu roteiro. Para entender mais da região e tornar os dias mais proveitosos em questão de organização e tempo, usei a Agencia Chapada dos Veadeiros para me auxiliar nesta questão. Fica o link aqui para que você possa ter um contato direto com a agência, caso queira este serviço.


Utilizamos um guia em todos os passeios na Chapada dos Veadeiros, e foi o que agregou muito valor para tornar a experiência ainda melhor. Escolhi um dos mais indicamos pelo seu conhecimento e treinamento, afinal isso faz um guia se diferenciar. Segue o link do perfil do instagram para que possa agendar direto com Wilson Guia , se tiver interesse.

Chapada dos Veadeiros - Onde ficar? Leia esse post

Macaquinhos: Complexo de Cachoeiras


O Complexo de Cachoeiras Macaquinhos está entre as atrações imperdíveis da Chapada Dos Veadeiros.

Fica a 45 km de Alto Paraíso, sendo 15 km de asfalto em direção a Brasília. Os outros 30 km são de chão batido e poeira.

Estrada relativamente boa, mas o ideal é ir com calma se não estiver com carro 4x4, como foi o nosso caso.

Importante: fique atento quando estiver chegando na Macaquinhos, uns 900 metros antes da entrada, vai identificar pela curva bem sinuosa e pela placa "Estacione Aqui". Pare aí, não siga em frente. O trecho adiante é muito íngreme e só é recomendável para quem estiver com carro 4x4. Como o guia Wilson nos acompanhou, foi bem tranquila essa chegada.

Partes da trilha do Complexo dos Macaquinhos

E ai começa a caminha até a entrada principal, onde tem uma zona de camping, estrutura com banheiro e água potável a disposição em bebedouros de barro.


Dica: a trilha para uma boa parte do dia, leve lanche na mochila, vá com tênis confortável que a caminhada é de 5 km ida e volta, mas com várias paradas, com partes bem estruturadas e outras nem tanto.

A trilha principal é bem demarcada, e aqui vão encontrar um complexo de cachoeiras, com variadas opções, que vão desde poços de fácil acesso, até áreas mais para contemplar toda essa beleza. As atrações por aqui vão depender muito da época, seca ou chuvosa, pois o volume de água aumenta muito na época das chuvas, tornando o banho inviável em algumas das partes destinadas para isso.

O complexo dos Macaquinhos é realmente imperdível, e vá com calma para apreciar tudo que oferece. Foi uma experiência que adoramos por lá, e que recomendo não deixar de fazer.


Atrações que fazem parte do Complexo dos Macaquinhos:

Banho dos Macacos

Poço Sereno

Cachoeira Lunna

Pedra Furada

Poção do Jararacuçu

Poço do Jump

Cachoeira da Luz

Cachoeira da Caverna

Cachoeira do Encontro


Vale Lembrar:

- não colete plantas 

- leve embora todo o seu lixo

Poço do Jump

INFORMAÇÕES:

Valor do ingresso:

O valor do ingresso no Complexo dos Macaquinhos e de R$ 30,00 por pessoa (não é obrigatório guia, mas aconselhamos sempre o acompanhamento). Nosso guia Wilson


Duração da trilha no Complexo dos Macaquinhos:

O passeio pode durar o dia inteiro. Pela distância para chegar e pela quantidade de atrações.

O que vão ver no Complexo dos Macaquinhos:

No complexo irão ver 10 quedas com diferentes atrações, desde poços para banho até jump (vai depender da época que forem)

Parte cansativa da trilha do Complexo dos Macaquinhos:

Lembram do estacionamento antes da entrada? Então, a volta é uma subida até o carro. Depois da trilha ela é exaustiva. Mas isso é só um aviso para guardar energias para encarar hahahaha.


O que achei do Complexo dos Macaquinhos:

Realmente imperdível, e isso que encarramos a época de chuvas, imagino que deva ser mais interessante ainda na época seca. Não deixem de incluir no roteiro.

Está procurando passagem aérea? Acesse esse link para encontrar os melhores preços!

Vale da Lua

Uma das atrações mais famosas da Chapada dos Veadeiros. Fica a 9 km da Vila São Jorge, como estávamos hospedados por aqui, foi um dia que não precisamos acordar tão cedo.

Os 4 km finais são de estrada de chão batido, mas muito boa.

De Alto Paraíso fica a 35 km.

Sentimos uma energia incrível no Vale da Lua

Depois de estacionar o carro, é preciso pagar o ingresso e assinar um termo de responsabilidade para ter acesso a trilha que leva ao Vale da Lua.

Trilha de acesso

A trilha leve, demarcada em todo trajeto. No caminho existem alguns mirantes naturais de onde é possível observar toda a beleza da Chapada dos Veadeiros.

A atração é um vale rochoso esculpido pelas águas do Rio São Miguel ao longo de 600 milhões de anos. Tonalidade das pedras e suas formas irregulares lembram o solo lunar, por isso o nome Vale da Lua.

As diversas fendas nas pedras formam 3 piscinas de água corrente e também pequenas cachoeiras.

No período de chuva a permissão para banho vai depender do nível do rio.

Vale ressaltar que existem funcionários da propriedade que  trabalham como salva-vidas e cuidam dos “banhistas”. Também existem cordas sinalizando limites a serem respeitados.

INFORMAÇÕES:


Valor do ingresso: R$20,00(o estacionamento já está incluso). Não é obrigatório guia, mas nos sentimos mais seguros acompanhados com o guia Wilson Importante saber que o local é dentro de uma propriedade privada, portanto existem banheiros e uma pequena lanchonete.

Área para banho no Vale da Lua

Duração da trilha no Vale da Lua:

Apenas uma manhã é suficiente para visitar o Vale da Lua e da tranquilamente para ver outra atração no mesmo dia no período da tarde.


Dica da trilha Vale da Lua:

A trilha para chegar não é difícil, mas é bom utilizar um calçado fechado, de preferência tênis, ou botas para trilhas. O Vale da Lua é um dos lugares onde mais acontecem acidentes na Chapada dos Veadeiros devido as suas formações rochosas, já que muita gente tropeça, escorrega, etc.


O que achei do Vale da Lua:

Foi um dos lugares mais curiosos da Chapada dos Veadeiros, não deixem de incluir no roteiro. Em pensar que estas formações rochosas foram formadas em milhões de anos pela força da água. Só lá para ver algo assim. Fora a energia do lugar que é incrível, e a bela paisagem. Lembrando que é um lugar sempre muito lotado, vale chegar cedo.

Acesse esse link e alugue seu carro em até 12 vezes!


Mirante Da Janela e Cachoeira do Abismo



A Trilha da Cachoeira do Abismo e Mirante da Janela é uma das trilhas mais incríveis da Chapada dos Veadeiros, e foi a mais cansativa também, mas valeu todo esforço. São 8 kms de trilha(ida e volta), com trechos mais fáceis e outros mais difíceis, que exigem subidas em escadas e rochas.

No final da trilha tem a compensação da deslumbrante vista dos saltos do Rio Pedro, que ficam encaixadas bem no meio de uma formação rochosa que parece uma janela, e este é o motivo do nome ser Mirante da Janela.


Não tivemos muita sorte de ver com nitidez, pois o dia estava encoberto, e as nuvens atrapalharam um pouco. Mas a experiência foi incrível, e o mal tempo não tirou o encantamento e a visão dessa imensidão que é a Chapada dos Veadeiros.


O local dispõe de estacionamento, e um bar para adquirir água. Até porque minha gente, vão precisar levar água e um lanche para refazer as energias para o retorno.

A primeira parte da trilha é fácil, e deu para ver no trajeto a vegetação do Cerrado.

Vegetação do Cerrado

O maior empecilho desse trecho talvez seja o sol forte, portanto não esqueçam de protetor, óculos escuros e chapéu.

A trilha é feita em partes por antigas trilhas utilizadas pelos garimpeiros e no chão é possível encontrar alguns cristais.


No caminho esta a Cachoeira do Abismo. Na época de chuvas ela esta no seu auge, assim nos falou o guia, pois no verão ela geralmente desaparece. A parada para banho é indicada no retorno da trilha, portanto, seguimos em direção ao famoso Mirante.

A partir daqui a trilha começou a ganhar emoção, e exigiu mais atenção e habilidades. Na real, começou o sufoco hahahaha, pelo menos foi para nós, afinal já estamos na casa dos cinquentinha. Mas vencemos bravamente.


E tudo tem uma recompensa, e que recompensa. Não é a toa que é o cartão postal da região, a vista é de tirar o folego e a energia desse lugar é incrível.

Além de fazer o nosso registro, afinal aqui é a parte mais disputada para uma foto, paramos para observar e admirar toda essa beleza que estava diante dos nossos olhos.

Depois dessa formação rochosa tem um deck para poder descansar e apreciar com calma toda a beleza, e após retornar para o merecido banho na Cachoeira do Abismo.


Nessa hora do descanso ouvimos uma aula do guia sobre a importância hidrográfica desta região para o Brasil, e o quando é necessária a sua preservação.

Vista do Deck da trilha Mirante da Janela

INFORMAÇÕES:


Valor do ingresso da trilha Mirante da Janela

O valor da trilha Mirante da Janela é de R$20,00 ( sem guia) R$15,00 (com guia) em espécie. Não é obrigatório o guia, mas optamos pelo acompanhamento, e tornou nossa experiência muito mais incrível pelas explicações que fomos ouvindo no caminho e por ser um fotógrafo criativo para fazer os registros.

Duração da trilha Mirante da Janela

A trilha em si são de 8kms ( ida e volta), mas contando com as paradas vai levar uma tarde inteira para percorrer toda extensão.


Dica: Não esqueçam de levar protetor solar e repelente na mochila, além é claro do lanche e muita água. Calçado ideal é tênis ou melhor ainda, bota de trilha. Vistam uma roupa leve e com traje de banho por baixo, para o banho na cachoeira.


O que achei da trilha Mirante da Janela

Foi difícil não sentir uma emoção diante dessa natureza, e a energia que paira no ar. Sensações que ficam para sempre na memória, e que deixa a certeza de ter sido uma ótima escolha ter ido conhecer toda essa maravilha de perto.


Espero que este post ajude você a montar o seu roteiro, e qualquer dúvida estou sempre disponível para ajudar, dentro do que estiver ao meu alcance.


Programe sua viagem:


Passagens com buscador Skyscanner

Encontre seu hotel em Granada no Booking

Viaje conectado e com chip entregue em casa

Faça sua cotação Seguro Viagem com os melhores preços garantidos

Alugue seu carro na Rentcars em até 12 vezes


POLITICA DO BLOG