Lisboa: dicas para se locomover com transporte público

Atualizado: Jun 23

Lisboa é uma cidade para explorar a pé, pois a região central é compacta o suficiente para isso. Mas o transporte público pode agilizar os deslocamentos curtos, afinal, estamos na cidade das 7 colinas, e tem horas que para enfrentar algumas ladeiras o transporte público ajuda muito, pois permite percorrer distâncias até as atrações mais afastadas da região central.


Há várias alternativas como o metro, autocarro, trens, os famosos elevadores e o centenário elétrico, que são também importantes atrações turísticas da cidade.

Para fazer uso do transporte público em Lisboa, é importante adquirir o cartão Viva Viagem, usado para os transportes dentro da cidade e deslocamento de comboio até Cascais, Sintra, entre outros.

Está indeciso em adquirir seguro viagem? Leia esse post para tirar suas dúvidas.

Cartão que indico para transporte público em Lisboa

O Viva Viagem é um cartão recarregável que tem validade de até 1 ano e permite inserir o valor de crédito por trecho ou até em forma de passe diário, com um custo de 0,50 euros mais o crédito colocado.

E o bacana é que você vai poder utilizar o crédito onde desejar: metro, elétrico, autocarro (ônibus) ou qualquer outro meio de transporte público do sistema.

O cartão Viva Viagem está disponível para compra e carregamento nas máquinas de venda automática e nos postos de venda no metro. Guarde sempre o comprovante de carregamento junto ao cartão. Poderá necessitar dele em caso de troca ou avaria do cartão.

Depois de carregado, o cartão Viva Viagem é utilizado de forma bem simples e prática. Basta aproximá-lo do validador, aguardar que as portas se abram e passar.

Vale alertar que é um cartão individual, isto é, não pode ser utilizado em grupo.


Dentro da validade de 1 ano, que conta a partir da data de aquisição, o cartão pode receber o número de carregamentos que você quiser. Terminado o prazo de validade, já não podem ser recarregados, até esgotarem o saldo.

O saldo do cartão Viva Viagem pode ser verificado nas máquinas de venda automática e nos postos de venda.

Metros em Lisboa


O metro de Lisboa possui pouco mais de 50 estações, distribuídas por quatro linhas, cada uma identificada por uma cor diferente: linha verde, linha azul, linha vermelha e linha amarela.

O sistema liga a região central da cidade a bairros mais distantes de maneira rápida e eficiente. Há uma linha que vai até o aeroporto, facilitando a vida de turistas para ir do terminal ao centro de Lisboa de forma prática e econômica.

O bilhete do metro custa 1,50 por viagem com o cartão Viva Viagem e é válido por uma hora, permitindo a conexão com algum outro meio de transporte da rede da cidade, se necessário. O cartão libera as catracas através de sensores de aproximação, tanto na entrada das estações quanto na saída.

O metro funciona das 6h30 à 1h e nas plataformas das estações há painéis indicando o tempo de espera para a passagem do próximo trem.

Estas são as estações de metro próximas a alguns dos principais pontos turísticos da cidade:

Aeroporto: Estação Aeroporto (linha vermelha)

Praça do Comércio / Rio Tejo: Estação Terreiro do Paço (linha azul)

Rua Augusta e bairro Chiado: Estação Chiado (linhas azul e verde)

Praça do Rossio: Estação Rossio (linha verde)

Praça dos Restauradores / Elevador da Glória: Estação Restauradores (linha azul)

Avenida da Liberdade: Estação Avenida (linha azul)

Parque Eduardo VII: Estação Parque (linha azul) ou Estação Marquês de Pombal (linhas azul e amarela)

Cais do Sodré / Comboio para Cascais e Belém: Estação Cais do Sodré (linha verde)

Parque das Nações / Comboios para o norte de Portugal: Estação Oriente (linha vermelha)

Para mais informações, acesse o site Metro Lisboa.

Na hora de organizar a viagem internacional bate aquela dúvida: será que adquiro chip internacional para viagem? Então leia este post onde conto a minha experiência e tiro dúvidas.

Elétricos (Bondes) em Lisboa

O sistema de bondes, chamado de elétricos, é o mais tradicional meio de transporte público em Lisboa e uma atração turística muito disputada. A primeira linha surgiu há mais de um século, em 1887.

Hoje, conta com cinco linhas em operação, ligando a região central da cidade a bairros mais distantes.

A passagem tem o mesmo custo do metro, 1,50 euro com o cartão Viva Viagem, válido por uma hora e com possibilidade de troca para outro transporte da rede.

As máquinas para validar a viagem encontram-se dentro do próprio elétrico.

Detalhe: se a passagem for paga em dinheiro, na hora do embarque, ela vai custar 3 euros, por isso é interessante adquirir o cartão Viva Viagem mesmo que seja para uma única viagem.

A linha 28E passa pelos locais do centro histórico, Baixa, Alfama e Graça. É o bonde indicado para ir até o Castelo de São Jorge.

A linha 15E passa pelo centro da cidade, com uma parada em frente ao Arco da Rua Augusta, e também pelo bairro Belém, onde vão encontrar a famosa confeitaria Pastéis de Belém e também uma outra parada próxima à Torre de Belém. Nesta linha, além dos bondes antigos, há os bondes modernos e articulados (mas nesses não andei ainda).

Os bondes centenários são pequenos e permitem ter uma noção de como era o transporte antigo. Faz parte do roteiro por Lisboa dar uma volta, diria, imperdível. 

Para saber mais sobre todas as linhas dos elétricos, acesse o site da empresa.

Está pensando em alugar um carro? Acesse esse link para o melhor buscador de preços e em até 12 vezes, que testamos e aprovamos!

Elevadores (ascensores) em Lisboa


O relevo acidentado da cidade de Lisboa foi desde sempre considerado um obstáculo à circulação, portanto, quem quiser facilitar seus deslocamentos, pode utilizar à vontade 3 ascensores e 1 elevador, que foram classificados como Monumentos Nacionais em fevereiro de 2002.

O Elevador de Santa Justa é vertical e realiza o transporte de passageiros entre a Rua do Ouro, na baixa do centro da cidade, e o Largo do Carmo, no bairro Chiado. Inaugurado em 1902, é um dos principais cartões-postais da capital portuguesa.

Nele, é possível ter uma vista panorâmica do seu Miradouro com o Castelo de São Jorge ao fundo. Nunca subi, por causa do tamanho das filas e por achar que tem outras vistas tão lindas quanto ou mais, mas fica a dica!

O Ascensor da Glória ou elevador é um bonde funicular que liga a Praça dos Restauradores e o Bairro Alto desde 1885. Seu trajeto sobe a Calçada da Glória, uma ladeira bem íngreme que também pode ser percorrida a pé.

Horário de funcionamento:

2ª a 5ª feira: 7h15 – 23h55

6ª feira: 7h15 – 00h25

Sábado: 8h45 – 00h25

Domingo e feriado: 9h15 – 23h55

O Ascensor da Bica ou elevador é um bonde funicular localizado na Rua da Bica de Duarte Belo, na Bica. Liga a Rua de São Paulo e o Largo do Calhariz, uma das encostas mais íngremes da cidade que pode ser feita a pé, se você tiver fôlego. Fundado em 1892, é um dos mais famosos na cidade.

Horário de funcionamento:

2ª a sábado: 7h – 21h

Domingo e feriado: 9h – 21h

O Ascensor do Lavra ou elevador fica situado na Calçada do Lavra. Inaugurado em 1884, é o elevador mais antigo da cidade de Lisboa; estabelece a ligação entre a rua Câmara Pestana e o Largo da Anunciada.

Horário de Funcionamento:

2ª feira a 6ª feira: 7h50 - 19h55

Sábado, domingo e feriado: 9h - 19h55

Para mais informações, acessem o site da empresa.

Autocarros (ônibus)

Além do metro, dos elétricos (bondes) e dos elevadores (ascensores), o sistema de transporte público em Lisboa também oferece dezenas de linhas de ônibus, chamados de autocarro em Portugal.  Não utilizei, mas fica o link da empresa  para maiores informações.

Comboios (trens)

Outro meio de transporte comum em Lisboa são os comboios (trens). Há quatro linhas urbanas que ligam a capital portuguesa a municípios vizinhos distribuídas pelas seguintes linhas: Linha de Sintra, Linha de Azambuja, Linha de Cascais, Linha do Sado.

As passagens dos comboios podem ser compradas em máquinas de autoatendimento localizadas nas estações. Os preços variam de acordo com a linha e o trecho percorrido. No site da empresa Comboios de Portugal é possível fazer simulações de trajetos e ver as tarifas.

Portadores do Viva Viagem podem utilizar o cartão e fazer a recarga nas máquinas de atendimento das estações.

Espero que o post ajude você na sua viagem a Lisboa. E qualquer dúvida deixe seu comentário aqui que estou à disposição para ajudar no que for possível.

Se a sua opção em Lisboa for um Airbnb, este post é para você. Um apartamento bem localização e com custo benefício excelente.

Se informe sobre a POLITICA DO BLOG


Programe sua viagem:

Passagens com buscador Skyscanner

Encontre seu hotel em Granada no Booking

Viaje conectado e com chip entregue em casa

Faça sua cotação Seguro Viagem com os melhores preços garantidos

Alugue seu carro na Rentcars em até 12 vezes